QUEM PRATICA ESPORTE DEVE CAPRICHAR NOS CUIDADOS COM A PELE
17/05/2021 | 14:51:10

A prática de esportes virou uma rotina para grande parte dos brasileiros. E a ciência mostra que praticar esportes de forma saudável contribui para o rejuvenescimento do organismo. Isso ocorre devido à produção de endorfinas, os hormônios do bem estar.

Dessa forma, é importante aprender como tratar a pele, o maior órgão do corpo humano e também aquele que fica mais exposto à intempéries do meio ambiente, podendo sofrer danos caso a pessoa que pratica algum esporte não tome os devidos cuidados.

Assim, nada melhor do que aprender a cuidar da pele e ficar com o corpo sarado e mais jovem!

Práticas ao ar livre requerem fotoproteção
Você sabia que o câncer de pele já é epidêmico em nosso planeta e é o tipo de câncer que mais acomete o ser humano? E que o melanoma, tumor maligno originado das pintas, é um dos mais graves, pois se espalha rapidamente?

Portanto, o primeiro e mais importante de todos os cuidados é a utilização de filtro solar adequado, não só como prevenção do câncer, como também do fotoenvelhecimento, pois a radiação solar é também o fator ambiental principal para a causa do envelhecimento precoce da pele.

Dê preferência aos filtros solares resistentes à água com FPS 50 ou maior. Melhor ainda se for com cor, pois, além da proteção química, conferida pelos componentes presentes nos filtros solares, a pessoa se beneficiará da proteção física gerada pela opacidade do pigmento contido no filtro solar. Existem vários no mercado com esta ação e mesmo os homens podem utilizar, pois, com os filtros chamados de color adapt, a face não fica com cara de quem passou maquiagem.

Não esqueça também de aplicar filtro solar nas outras áreas expostas. Orelhas, V do decote, braços e pernas também devem ser protegidos.

Que roupa usar?
Procure sempre utilizar tecidos respiráveis no caso de quem pratica esportes que geram sudorese intensa, como corrida, academia, futebol, ciclismo.

A pele úmida e quente pode ocasionar o crescimento de germes, como fungos e bactérias, principalmente nas áreas mais quentes e de dobras, como axilas, virilhas, glúteos e pés. Também, ao terminar o esporte, sempre tome um banho logo em seguida, se possível, para retirar o excesso de suor e evitar o surgimento das micoses e infecções bacterianas nessas áreas. Umidade e calor cria o ambiente ideal para o crescimento desses germes. Por isso, nada de ficar com roupa úmida por muito tempo. Isso também vale para quem faz algum tipo de esporte aquático.

Utilize sempre roupas íntimas de tecido respiráveis, pois este tipo de tecido absorve o suor e evita que a pele fique muito molhada.

Homens devem sempre utilizar cuecas do tipo boxer para evitar a torção dos testículos durante as práticas desportivas. Nada de cueca samba canção!

Atenção aos tênis
Já os tênis devem estar sempre secos. Procure deixá-los para secarem ao sol após as atividades físicas e reveze com outro seco, caso faça exercícios no dia seguinte. O excesso de umidade pode gerar o famoso pé de atleta ou frieira que é uma micose causada por fungos.

E lembre-se, a predileção dos fungos são para os ambientes úmidos e quentes! Portanto, nunca coloque um tênis úmido de suor, pois os fungos crescem também no calçados.

Cuidados com os cabelos
Fatores ambientais como sol, vento, frio e cloro podem deixar os cabelos secos e quebradiços. Por isso, é importante ter cuidados especiais, dependendo do esporte praticado.

Assim, quem faz natação deve escolher uma touca de boa qualidade para que a água clorada não entre em contato com os fios. Homens também devem utilizar.

Se os cabelos estiverem ressecados dê preferência a xampus sem sal ou aos "no poo" ou "low poo" (xampus com menor quantidade de sulfatos ou parabenos, que são agentes que agridem os fios), e depois aplique um bom condicionador.

Aplicar alguns óleos naturais ou uma máscara hidratante também vai auxiliar na hidratação dos fios. O óleo de côco é bastante utilizado e pode ajudar. Aplique o óleo ou máscara antes de lavar e deixe agir por um tempo e depois lave normalmente.

Cabelos expostos ao sol devem utilizar produtos capilares que contenham filtros solares. Existem vários no mercado.

Em caso de frio e vento, é bom sempre proteger os cabelos e o couro cabeludo com toucas quentinhas.

Hidratação corporal
Por fim, cuidar da hidratação do corpo não é só para quem pratica esporte. Esse deve ser um hábito diário, como escovar os dentes, e deve ser feito por todos.

Com o passar do tempo, a camada lipídica (hidratante natural composto por certos tipos de gordura que nossas glândulas produzem para evitar o ressecamento) vai diminuindo e, assim, nossa pele tem maior tendência a ficar ressecada.

Tomar banhos quentes, com buchas e com sabonetes que fazem espuma demais, é um verdadeiro crime contra sua pele e vai deixá-la seca, fragilizada e muito mais suscetível a apresentar algum tipo de alergia ou doença cutânea.

Além disso, o ressecamento crônico desvitaliza a pele e leva ao envelhecimento cutâneo precoce, o que quer dizer: vai ficar com a pele com aparência envelhecida antes do tempo!

Então, não só para os desportistas, mas para todos, a dica é sempre aplicar um hidratante após o banho!

Quem tem a pele mais oleosa, como os homens, por exemplo, podem utilizar hidratantes na forma de loções, pois são menos pegajosos. Já pessoas com a pele seca se beneficiam mais aplicando hidratantes na forma de creme, balm ou bálsamo.

Resumindo: quanto mais seca a pele, mais grosso é o hidratante.

Vale lembrar que hidratantes com cor ou perfume não são bons hidratantes, pois os componentes químicos adicionados para dar cor e cheiro ressecam a pele, além de poderem causar algum tipo de alergia.

E, por fim, usar óleo de banho é bom, porém ele não substitui a aplicação do hidratante.

Por Lilian Akemi Ota
Via Doutor Jairo Bouer